(Ir)responsabilidade social empresarial: o desastre ambiental de Mariana-MG sob o ponto de vista dos moradores das regiões afetadas

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2018-06-27
Orientador(res)
Oliveira, Fátima Bayma de
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Esse trabalho investigou o tema Irresponsabilidade Social Empresarial, a partir de um estudo de caso relativo ao desastre ambiental causado pela Samarco Mineração S.A. ao município de Mariana-MG, que impactou todas as cidades localizadas na região dos rios Gualaxo do Norte, do Carmo e Doce. Diante dessas considerações, apresentou como objetivo geral o propósito de constatar se a identificação social com a Samarco Mineração S.A., que surge em função dos benefícios econômicos proporcionados por ela a alguns municípios, reduz a atribuição de culpa dessa empresa e a intenção punitiva de um evento de irresponsabilidade social, além de gerar impacto para demais atribuições e sentimentos que possam surgir nos indivíduos-alvo da investigação. Alguns modelos teóricos forneceram subsídios para a testagem de dois modelos empíricos que foram testados e possibilitaram alcançar esse objetivo. Em termos metodológicos, trata-se de um estudo quantitativo, adotando a técnica do estudo de caso, aplicando um questionário com 1616 moradores de cinco cidades afetadas pelo desastre, coletado presencialmente na sua maior parte. Os dados de cada cidade foram analisados com o uso da modelagem de equações estruturais, com auxílio do software Stata versão 14, e posteriormente os resultados de cada cidade foram comparados entre si. Com relação a esses resultados, o modelo relacionando os benefícios econômicos e a Irresponsabilidade Social Empresarial, ajustado com base nas sugestões do modification indices, gerou resultados estatísticos com um bom ajuste considerando os indicadores apresentados. Como conclusão desse modelo, foi possível constatar que os benefícios para a economia local afetaram negativamente a intenção punitiva dos moradores das cidades de Anchieta-ES, Guarapari-ES e Mariana-MG, cidades essas que eram beneficiadas economicamente pela Samarco Mineração S.A. Além disso, foi identificado por intermédio desse modelo que, para as cidades de Anchieta-ES, Colatina-ES, Guarapari-ES, Linhares-ES e Mariana-MG, a severidade/gravidade do evento afetou positivamente a atribuição de culpa à empresa; e a intenção punitiva afetou positivamente a intenção de fazer comentários negativos à mineradora. Quanto ao modelo dos sentimentos negativos relacionados à Irresponsabilidade Social Empresarial, que também foi ajustado com base nas sugestões do modification indices, os resultados estatísticos evidenciaram um bom ajuste de acordo com os indicadores apurados. Como conclusão desse segundo modelo, foi verificado que a ganância afetou positivamente a percepção de falta de integridade da empresa, que, por sua vez afetou de forma positiva a sensação de ultraje moral, que, na sequência, gerou efeito positivo sobre os comentários negativos dos indivíduos pesquisados. Houve uma contribuição no sentido de evidenciar os processos da sociedade que contribuem para a existência e manutenção da Irresponsabilidade Social Empresarial. Foram apresentadas as discussões para esses resultados, bem como as contribuições teóricas, metodológicas e práticas do estudo, além da proposição de uma agenda futura de pesquisas relacionadas ao tema irresponsabilidade social empresarial.


Descrição
Área do Conhecimento