Governando iniciativas de cidade inteligente: compreendendo os arranjos de governança sócio-técnica e o uso de tecnologias da informação nos casos de Curitiba e São Paulo

dc.contributor.advisorCunha, Maria Alexandra Viegas Cortez da
dc.contributor.authorPrzeybilovicz, Erico
dc.contributor.memberMacadar, Marie Anne
dc.contributor.memberFrey, Klaus
dc.contributor.memberSantos, Fernando Burgos Pimentel dos
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.date.accessioned2019-03-25T13:43:05Z
dc.date.available2019-03-25T13:43:05Z
dc.date.issued2019-02-25
dc.description.abstractDado o contexto da crescente urbanização, o incremento da TIC no tecido urbano e a complexidade de interagir com os diversos atores da cidade, neste trabalho de tese busco compreender como os arranjos de governança sócio-técnica configuram o uso das tecnologias de informação nas iniciativas de cidade inteligente, a partir da perspectiva de governança urbana e redes de interações sócio-técnicos. O argumento é de que a governança de iniciativas de cidade inteligente emerge da interação entre os artefatos tecnológicos e atores sociais e os modelos tradicionais de governança urbana ajudam a explicar os arranjos emergentes. Para isso utilizei como lente teórica uma combinação da Informática Social (Kling, 1999) e Redes de Interação Sócio-Técnica (Kling et al, 2003) com os modos de governança urbana (Pierre, 2011). A questão de pesquisa que orienta o trabalho é como os arranjos de governança sócio-técnica configuram o uso das tecnologias de informação nas iniciativas de cidade inteligente? Para responder essa pergunta foram estudadas duas iniciativas de cidade inteligente, o Curitiba Colabora em Curitiba e o Pátio Digital em São Paulo. Ao analisar de forma aprofundada o processo de formação das redes sócio-técnicas e se concentrar na compreensão da posição de influência dos vários atores e da tecnologia de informação, foram identificados dois novos arranjos de governança, a Rede de Governança Colaborativa Estimulada e a Governança para o Desenvolvimento Colaborativo de tecnologia. Há evidências de que os modos de governança urbana predominantes na cidade explicam as interações na rede de governança de cidades inteligentes, a forma como essas redes se constitui o uso das tecnologias de informação. O uso das tecnologias de informação aparece como resultado das redes de governança sócio-técnicas e das formas como essas tecnologias se associam com práticas locais de governança urbana. O uso de TIC é resultado da dinâmica de interações entre governo-atores sociais. Estas interações extrapolam o nível da administração pública para o nível da cidade na rede sócio-técnica. Também o uso depende da própria disponibilidade da tecnologia digital. A rede de atores e a tecnologia digital são mutuamente construídos nos dois casos analisados. O achado interessante é que o uso das tecnologias de informação faz emergir novos arranjos de governança, ao mesmo tempo o uso da tecnologia é resultado do modo de governança que emergiu.por
dc.description.abstractGiven the context of increasing urbanization, the increase of ICT in the urban context and the complexity of dealing with the various actors of the city, in this thesis I understand how the socio-technical governance arrangements configure the use of information technologies in the initiatives of smart city, from the perspective of urban governance and socio-technical interactions networks. The argument is that the governance of smart city initiatives emerges from the iteration between technological artifacts and social actors and traditional models of urban governance help to explain emerging arrangements. I used as a theoretical lens a combination of Social Informatics (Kling, 1999) and Socio-Technical Interaction Networks (Kling et al, 2003) with urban governance modes (Pierre, 2011). The research question that guides the research is how the socio-technical governance arrangements configure the use of information technologies in the initiatives of a smart city? To answer this question, two smart city initiatives were studied: Curitiba Collaborates in Curitiba and Pátio Digital in São Paulo. By analyzing in depth, the emergence of socio-technical networks and focusing on the understanding of the influential position of the various actors and information technology, two new governance arrangements were identified: Stimulated Collaborative Governance and Governance for Collaborative Development. There is evidence that the predominant urban governance modes in the city explain the interactions in the smart city governance network, the way these networks are built, and the use of digital technologies. The use of digital technologies appears as a result of socio-technical governance networks and the ways in which these technologies are associated with local urban governance practices. The use of ICT is the result of the dynamics of interactions between government-social actors. These interactions extrapolate the level of public administration to the level of the city within the socio-technical network. Also, the use depends on the very availability of information technology. The network of actors and digital technology are mutually constructed in the two cases analyzed. The interesting finding is that the use of digital technologies makes new governance arrangements emerge, at the same time the use of technology is a result of the governance model that emerged.eng
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/27258
dc.language.isopor
dc.rights.accessRightsopenAccesseng
dc.subjectCidade inteligentepor
dc.subjectGovernança urbanapor
dc.subjectRedes sócio-técnicaspor
dc.subjectGovernança urbana inteligentepor
dc.subjectColaboraçãopor
dc.subjectSmart cityeng
dc.subjectUrban governanceeng
dc.subjectSocio-technical networkseng
dc.subjectSmart urban governanceeng
dc.subjectCollaborationeng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.subject.bibliodataCidades e vilas - Inovações tecnológicaspor
dc.subject.bibliodataPlanejamento urbano - Inovações tecnológicaspor
dc.subject.bibliodataPolítica urbana - São Paulo (SP)por
dc.subject.bibliodataPolítica urbana - Curitiba (PR)por
dc.titleGovernando iniciativas de cidade inteligente: compreendendo os arranjos de governança sócio-técnica e o uso de tecnologias da informação nos casos de Curitiba e São Paulopor
dc.typeThesiseng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Przeybilovicz_Erico_Tese_VF.pdf
Tamanho:
2.7 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
PDF
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.6 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: