A mensuração do modelo de estrutura-conduta-desempenho: o caso da construção civil paulista