Impacto das cooperativas agrícolas no crescimento do PIB dos municípios

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2019-02-18
Orientador(res)
Gurgel, Angelo Costa
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

A agricultura no Brasil tornou-se um setor sinônimo de produtividade, contudo essa não era a realidade até meados da década de 80, quando o país importava alimentos. Fatores como: desenvolvimento de tecnologia agrícola adaptada às necessidades; subsídio ao crédito rural; estabilidade macroeconômica; abertura comercial, contribuíram para o aumento da produtividade. Parte desses fatores só foram alcançados graças a união dos agricultores com instituições de pesquisas, como EMBRAPA e universidades e instituições de organização produtiva, como cooperativas e empresas privadas de colonização. Dentro desse cenário, as cooperativas, tiveram papel de destaque, por serem instituições que contribuem para diminuir as falhas de mercado, disseminar tecnologia, integrando diversos agentes do setor agrícola, criando uma infraestrutura social e tornando o ambiente econômico mais favorável aos negócios. Assim o objetivo geral deste estudo é avaliar a existência de uma relação entre a presença de cooperativas e o Produto Interno Bruto (PIB) geral e Agrícola dos municípios A partir dos dados disponíveis do Censo Agrícola 2006, o trabalho explora a metodologia de Mínimos Quadrados Ordinários (MQO), com os dados organizados em cross-section, explorando as possibilidades existentes, sendo a função logarítmica a que melhor se adapta ao modelo. Os dados empíricos transformados em regressões logarítmica, indica um resultado diferente do esperado e do discutido pela teoria econômica.


Descrição
Área do Conhecimento