Smart Campus e Analytics para redução da evasão e promoção da permanência no ensino superior: um estudo de caso múltiplo

Data
2019-04-30
Orientador(res)
Cunha, Maria Alexandra Viegas Cortez da
Kugler, José Luiz Carlos
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Esta tese tem como objetivo explicar como o desenvolvimento das dimensões de um Smart Campus e o uso de Analytics podem contribuir para a redução da evasão e promoção da permanência dos estudantes no Ensino Superior. O problema da evasão em instituições de ensino superior vem sendo debatido desde a década de 1960, porém desde então as universidades vêm passando por grandes transformações nos processos de ensino-aprendizagem, principalmente com a inserção das tecnologias nos espaços formais e informais de ensino. Iniciativas para tornar os campi mais inteligentes já vêm sendo utilizadas por diversas instituições de ensino superior ao redor do mundo, com o intuito de oferecer melhorias em todos os aspectos relacionados com a vida universitária. A exemplo de uma cidade inteligente, um campus universitário possui dimensões que podem levar um estudante a querer permanecer ou não na instituição de ensino, dependendo das experiências que vivencia durante a sua graduação. Além do aspecto Educação, principal motivo de existência de um campus, existem aspectos relacionados diretamente com os alunos, como o aspecto Social, de Saúde e de Segurança, e aspectos que tornam os campi mais sustentáveis, como Edificações, Energia, Mobilidade e Recursos Naturais. O aspecto Gestão é fundamental para a promoção da permanência, além da Tecnologia, que integra todos os demais aspectos. A utilização de tecnologias emergentes como Analytics pelas instituições de ensino superior proporciona aos seus gestores condições favoráveis para o processo de tomada de decisão, a promoção da permanência e experiências institucionais integradoras à comunidade acadêmica. Este estudo é fundamentado na Teoria da Integração do Estudante desenvolvido por Vincent Tinto, cujo modelo discute as configurações ideais de uma instituição de ensino superior para evitar a evasão. A presente pesquisa avança nesta questão, propondo um novo modelo teórico com a extensão do modelo de Tinto para um contexto de Smart Campus, em que a análise de dados (Analytics) configura-se como uma poderosa ferramenta de apoio aos gestores para compreender o perfil de seus alunos, suas necessidades e na promoção da permanência.


Descrição
Área do Conhecimento