Prêmios salariais no setor público e desincentivos à corrupção: análise empírica

Data
2019-07-29
Orientador(res)
Féres, José Gustavo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Este estudo procura avaliar se prêmios salariais pagos ao funcionalismo público visà-vis o setor privado são mecanismos eficazes de redução de incentivos à corrupção por parte dos agentes públicos. Primeiramente, foi realizada uma discussão sobre os possíveis determinantes da corrupção e seus efeitos sobre o sistema econômico. Em seguida, é apresentado o modelo de Shapiro-Stiglitz que permite caracterizar os incentivos econômicos ao comportamento ilícito do agente público, bem como identificar possíveis mecanismos de dissuasão a este tipo de comportamento. Por fim, estimou-se um modelo empírico que procura avaliar os fatores que potencialmente influenciam o nível de corrupção, com ênfase no papel dos prêmios salariais no setor público.


Descrição