Moeda e preços relativos: evidência empírica