Contextos da advocacia pós-profissional: impactos da organização do trabalho da advocacia empresarial sobre os profissionais atuantes nas grandes sociedades de advogados de São Paulo

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2010-06-23
Orientador(res)
Silveira, Rafael Alcadipani da
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Os grandes movimentos de mudanças socioeconômicas intensificados na década de 1990 induzidos pelas das transformações nas estruturas produtivas e organizacionais do capitalismo ocidental ensejaram novas formas de organização do trabalho mais “flexíveis” e em sintonia com as flutuações das demandas dos mercados. A “flexibilidade” constituiu-se como ethos da ação contemporânea na medida em que sua presença nas relações econômicas atingiu não só as vivências de e no trabalho bem como estendeu para as relações sociais em nível mais amplo. As mudanças também atingiram os sistemas profissionais (dos quais a Advocacia é considerada exemplo icônico) que reivindicam sua influência por meio de discursos centrados na autonomia e na independência de seu trabalho. Desse modo, a intensificação da globalização e da concorrência, a adoção de formatos organizacionais e de formas de organização do trabalho à semelhança das empresas assim como uma mentalidade orientada para o mercado rompem com o tradicional discurso profissional. No Brasil, as grandes sociedades de advocacia seguem esta tendência ao adpatarem-se às demandas cada vez mais complexas e lucrativas de clientes globalizados. Este trabalho foi elaborado como uma pesquisa qualitativa para conhecer e compreender os impactos das novas formas de organização do trabalho da advocacia empresarial sobre as circunstâncias e vivências no trabalho e fora dele dos advogados atuantes nas mais representativas Sociedades de Advogados do país. Os resultados indicam que aqueles profissionais altamente qualificados que trabalham em equipes multidisciplinares de células especializadas e que enxergam seu trabalho como fonte de satisfação pelo constante desafio e pelo aprendizado, além das recompensas financeiras e sociais por pertencerem a escritórios de prestígio, também convivem com situações de grande desgaste devido à alta carga de trabalho, à incerteza quanto ao futuro profissional, aos ambientes interno e externo altamente competitivos e à exigência e à agressividade dos clientes. Isso os leva a um dilema frente à dedicação à profissão com suas altas exigências e à sensação de que algo está sendo perdido na vida pessoal. Entretanto, eles tendem a acomodar-se a esses conflitos aceitando-os como naturais na busca pelo sucesso profissional.


Descrição
Estudos organizacionais
Área do Conhecimento