Estimativa dos impactos da pandemia de Covid-19 na renda e consumo da agricultura familiar

Data
2023
Orientador(res)
Maranhão, André Nunes
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Este estudo analisa os impactos da pandemia do COVID-19 na renda e consumo do Agricultor Familiar brasileiro e o quanto a contratação de crédito rural através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) amenizou esses impactos. Utilizando dados amostrais de 10.000 clientes de todos os estados brasileiros no período de janeiro de 2016 a junho de 2022, que contabilizam duas bases com 10.000 observações de indivíduos em 78 meses perfazendo um painel de dados de 780.000 análises. Estimamos um modelo cross-section com os dados de junho de 2022, onde foram capturados efeitos positivos na renda dos indivíduos com contratação de crédito pelo PRONAF. Os modelos de dados em painel, bem como, os modelos Diff-em-diff ressaltam a importância em termos de inferência causal da tomada de crédito tanto de indivíduos em geral, quanto em particular, dos clientes beneficiários do PRONAF. Tais efeitos positivos contudo não foram verificados para o caso do consumo. Conclui-se, assim, que a pandemia trouxe impacto negativo na renda e consumo de maneira geral e em particular do pequeno produtor, porém, aquele que acessou o PRONAF teve esse impacto amenizado.


Descrição
Área do Conhecimento