A construção da confiança ante a destruição provocada por um evento extremo: um estudo sobre a atuação de resposta do corpo de bombeiros militar de minas gerais no desastre da Samarco S.A.

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2019-04-08
Orientador(res)
Silveira, Rafael Alcadipani da
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Esta tese tem como objetivo analisar como as dinâmicas de sensemaking e sensegiving influenciam a construção da confiança entre os profissionais de uma organização de alta confiabilidade na resposta a um evento extremo. Assim, este estudo traz algumas inovações, primeiro ao verificar empiricamente a dinâmica do sensemaking e sensegiving de uma organização de alta confiabilidade dentro de um evento extremo no Brasil, e segundo por verificar como essa dinâmica pode exercer influência na construção da confiança entre os profissionais da equipe no contexto analisado. O marco teórico abordou os conceitos de sensemaking, sensegiving, Organizações de Alta Confiabilidade, confiança e identidade. Identificou-se uma lacuna a qual diz respeito aos estudos que relacionavam a dinâmica do sensemaking e sensegiving de equipes e líderes em situações extremas, com vistas a entender como a confiança é construída. Trata-se de um estudo qualitativo de caráter indutivo, que na coleta de dados utilizou-se da entrevista etnográfica semiestruturada, da análise documental e da visita técnica. Para a análise das entrevistas e suas narrativas utilizou-se a perspectiva do sensemaking, assim, o estudo pôde verificar empiricamente aspectos da construção da confiança nas atividades de resposta de uma organização de alta confiabilidade ao evento. As descobertas mostraram que o sensemaking realizado pela OAC nas ações de resposta ao evento ocorrido foi realizado de forma interativa, colaborativa e rápida, ocorrendo de forma simultânea com o processo de sensegiving. Esse processo dinâmico e social influencia nas ações e identidades dos atores em questão, evidenciando que a integração positiva dos fatores percebidos de confiabilidade e a identidade organizacional dos profissionais são fundamentais para a construção da confiança, e, consequentemente, para redução da ambiguidade inerente ao contexto pesquisado. Conclui-se, também, que, da mesma forma que a dinâmica de sensemaking e sensegiving influencia e evidencia uma forte identidade organizacional da OAC estudada, reciprocamente, esta identidade organizacional também influencia de forma substancial a dinâmica citada; motivando, assim, as ações desses profissionais dentro do contexto. Finalmente, o estudo propõe um Modelo Teórico emergente que integre os elementos presentes na construção da confiança dentro do contexto analisado.


Descrição
Área do Conhecimento