Novos conceitos, velhos preconceitos: a participação feminina em cargos de gestão na PGFN

Data
2022-06-20
Orientador(res)
Peci, Alketa
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo: A presente pesquisa tem como objetivo investigar, na PGFN, as razões pelas quais tão poucas mulheres se candidatam a cargos de gestão e assim identificar e analisar as barreiras que as mulheres enfrentam para ascender a tais cargos. Metodologia: Foi realizada pesquisa qualitativa com aplicação de entrevistas a Procuradoras da Fazenda Nacional lotadas no Estado do Paraná por meio de roteiro de entrevistas semiestruturado. Posteriormente, as entrevistas foram analisadas através de análise de conteúdo fundamentada em critérios de categorização extraídos da literatura com a finalidade de consolidar as informações obtidas. Adotou-se, ainda, de forma secundária, a análise de dados estatísticos descritivos extraídos dos sistemas da PGFN. Resultados: A pesquisa revelou que as Procuradoras da Fazenda Nacional se distanciam dos cargos de gestão em razão de que se sentem sobrecarregadas pela vida familiar e doméstica e pelos preconceitos que circundam os nichos de poder. Limitações: O corpus da pesquisa foi restringido a dez Procuradoras da Fazenda Nacional que têm lotação no Estado do Paraná. Ademais, a pesquisa sofreu limitações derivadas do necessário distanciamento social em razão da pandemia (COVID-19) em curso nos anos em que realizada. Contribuições Práticas: Extrai-se da pesquisa realizada a necessidade de adequação das políticas de acesso aos cargos de poder no âmbito da PGFN. A pesquisa, ainda, permite extrair dados que podem orientar a implementação de tais políticas, vez que identifica os vieses e as dificuldades encontradas pelas mulheres no acesso a tais cargos. Contribuições sociais: O estudo permite que a PGFN melhore as relações entre servidores e adote políticas de combate à discriminação de gênero que impactarão as relações entre a PGFN, enquanto órgão da administração pública, seus servidores e, consequentemente, a sociedade. Ademais, o estudo poderá ser aproveitado por outros órgãos da administração pública. Originalidade: Trata-se de trabalho que aborda aspecto não recorrente nos trabalhos sobre discriminação de gênero vez que analisa o afastamento de mulheres dos cargos de gestão na PGFN.


Descrição