Níveis de saldo de caixa de empresas brasileiras: análise do saldo de caixa em empresas reguladas

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2021
Orientador(res)
Sheng, Hsia Hua
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Para o estudo foram utilizados dados de 262 empresas brasileiras de 2015 até 2019. A variável objeto de análise foi o saldo de caixa das companhias reguladas comparada as não reguladas, e seu comportamento observado através de análise de regressões com dados em painel e cross-sectional. Os setores regulados foram agrupados em dois setores: com regime predominante de monopólio e de concorrência de mercado. Foi observada diferença do nível de caixa entre as duas variáveis, no qual a dummy representando o setor de monopólio apresentou um nível de caixa menor em relação as companhias não reguladas, enquanto a dummy do segmento concorrencial apresentou uma necessidade maior de caixa. Entre outros fatores que impactaram os resultados, pode-se verificar que o comportamento apresentado está diretamente relacionado ao nível e maturidade dessa regulação, assim como a dinâmica de funcionamento de cada setor. Como demonstrado na teoria do trade off, quanto menor o nível de incerteza apresentado pela regulação ou pela dinâmica do mercado, menor o nível o saldo de caixa a ser carregado pelas companhias.


Descrição
Área do Conhecimento