Cor e desempenho escolar: o papel da escola, do professor e dos colegas na proficiência dos alunos negros no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2010-07-30
Orientador(res)
Leme, Maria Carolina da Silva
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

O desempenho dos alunos negros nos exames de proficiência realizados pelo MEC é cerca de 10% menor do que o dos alunos brancos. Esta diferença se observa tanto na 4ª e 8ª séries do ensino fundamental como no 3º ano do ensino médio e tem se mantido ao longo dos anos. Cerca de 75% do hiato é explicado por características familiares, principalmente a educação dos pais. Estas são variáveis difíceis de serem alteradas no curto e médio prazo enquanto as conseqüências, o acesso a universidade e aos bons postos de trabalho, são imediatas. Este trabalho procura investigar como a escola pode compensar esta desvantagem inicial dos alunos negros, buscando identificar quais variáveis têm maior impacto no seu desempenho.


Descrição
Área do Conhecimento