Compartilhamento de informações de estoque em um posto de saúde

Data
2021
Orientador(res)
Miguel, Priscila Laczynski de Souza
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Relatos sobre a falta de materiais para atendimentos de saúde são comuns. Uma causa para o desabastecimento é o erro nos parâmetros de reposição devido à complexidade nas compras públicas, à incerteza na alocação de recursos e à insegurança na relação fornecedor-comprador. O objetivo geral desse estudo é o de analisar como a implementação de compartilhamento de informações, em tempo real, de níveis de estoques de um posto público de saúde para com seus fornecedores afeta a gestão de estoques. Na revisão de literatura, nota-se que, no serviço de saúde, uma cadeia com foco nos clientes permite mais agilidade, diminuindo os estoques. Para isso, o compartilhamento de informações é necessário, contudo, somente com ferramentas digitais tal fluxo poderá ser veloz para maximizar resultados. Diante disso, realizou-se uma aplicação em um Esquadrão de Saúde do Comando da Aeronáutica, divulgando-se, por meio de planilhas em nuvem (cloud), os níveis de estoque e o consumo, proporcionando-se um estudo de caso misto (quantitativo e qualitativo) descritivo, em projeto não-aleatório e de assunto único, com uso de dados secundários, pesquisa documental, observações de campo e entrevistas semi-estruturadas para coletas de dados. A análise quantitativa foi realizada por análise multivariada de dados mediante regressão linear múltipla e a qualitativa, por análise de conteúdo. Ao final, não se identificou a contribuição desse compartilhamento para a redução dos prazos de entrega, dos lotes de compra e dos níveis de estoque, já que a equação resultado contemplou apenas algumas variáveis, por causa de suas validades estatísticas, bem como, seu modelo preditivo foi de fraca aderência, possivelmente devido ao curto período e as condições diante à COVID-19. Ainda assim, os resultados demonstram que, de acordo com os dados, mantendo-se as demais variáveis, o compartilhamento de informações possui relação com a redução do prazo de entrega. Nota-se também que, embora os servidores acreditem em ganhos de eficiência mediante tal colaboração, consideram-na viável somente se automatizada por meio de sistema informatizado. Ainda assim, percebe-se a necessidade de desenvolvimento de fornecedores devido à falta de interesse nas informações compartilhadas. Em suma, no referido estudo, há a contribuição de uma metodologia para estudos a longo prazo e em diversas conjunturas, servindo de modelo para futuras pesquisas.


Descrição
Área do Conhecimento