Concepção, qualificação e políticas docentes na educação em tempo integral: metanálise qualitativa

Data
2022-06-15
Orientador(res)
Cruz, Tássia de Souza
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Esta dissertação tem como objetivo discutir os avanços e desafios da Educação em tempo integral no Brasil. Metodologicamente fundamentanda nos pressupostos defendidos pela pesquisa qualitativa, de caráter descritivo e bibliográfico, apresenta uma metanálise da literatura acadêmica da área. A metanálise foi desenvolvida a partir de material bibliográfico obtido por meio de uma revisão na qual foram selecionados 86 artigos, dos quais, após aplicação de critérios específicos de inclusão e exclusão, selecionaram-se 24 artigos para análise. As articulações teóricas aqui delineadas permitiram algumas inferências, como o fato de que é fundamental que as atividades exercidas no contraturno estejam alinhadas com o projeto político-pedagógico escolar, que a infraestrutura interna e externa seja adequada, com espaço físico e materiais apropriados; que a formação do professor seja específica, contínua e focada nas dimensões tempo/espaço que compõem a Educação Integral; que haja ampliação da carga horária dos professores, melhores condições de trabalho e política de investimento. Assim, a reflexão a respeito de processos e modelos de educação em tempo integral requer avaliar para além do aumento quantitativo da carga horária escolar, é necessário avaliar a eficácia do uso do tempo para realização de atividades pedagógicas e seus respectivos resultados positivos na aprendizagem do estudante.


Descrição
Área do Conhecimento