Capital de giro operacional das empresas de incorporação imobiliária

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2021-05-10
Orientador(res)
Kasznar, Istvan Karoly
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

O propósito do estudo é avaliar se o capital de giro operacional no segmento de incorporação imobiliária impacta no resultado das empresas. Foram estudados índices de administração de ativos para medir sua eficiência operacional mediante prazos de realização, índices de endividamentos para mensurar o custo de capital de terceiros, e a rentabilidade foi medida através de índices de lucratividade. O ciclo deste segmento é longo, demanda grande volume de recursos financeiros, portanto, as empresas precisam definir estratégias de até cinco anos, buscando o equilíbrio entre investimentos e formas de financiamentos. No processo, identificamos que todas as empresas estudadas possuem necessidade de capital de giro positiva. Entre outros resultados, encontramos que em um horizonte de retração da economia, entre 2015 e 2019, o ciclo operacional mais curto afetou positivamente no desempenho econômico das empresas, não consumindo o capital próprio investido no negócio, bem como gerou recursos financeiros para suprir passivos imediatos e consequentemente evitando encargos mais onerosos e riscos de insolvência.


Descrição