Avaliação do desempenho da gestão do legado olímpico: contribuições do Balanced Scorecard (BSC) para o aprimoramento da governança pública

dc.contributor.advisorFernandes, José Henrique Paim
dc.contributor.authorRibeiro, Jacques Chiganer Cramer
dc.contributor.memberSouza, Wagner Vilas Boas de
dc.contributor.memberMenezes, Aline Brêtas de
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EBAPEpor
dc.date.accessioned2023-09-11T18:54:52Z
dc.date.available2023-09-11T18:54:52Z
dc.date.issued2023-08-01
dc.description.abstractObjetivo – O objetivo deste estudo é verificar como o Balanced Scorecard (BSC) pode contribuir para avaliação de desempenho do legado olímpico, buscando compreender e mensurar os resultados alcançados. Metodologia – A metodologia deste estudo consistiu em realizar um estudo de caso nas instalações esportivas dos complexos esportivos da Barra da Tijuca e de Deodoro, que faziam parte do legado olímpico no Rio de Janeiro, que no período de 2017 a 2022 permaneceram sob a gestão do Governo Federal, do Exército Brasileiro e da Prefeitura Municipal da Cidade do Rio de Janeiro. Foram coletados dados por meio de entrevistas, aplicação de questionários online e análise de documentos. Essa abordagem permitiu descrever o funcionamento dos diferentes modelos de gestão, identificar práticas de avaliação de desempenho, avaliar a percepção dos atores envolvidos e propor indicadores de desempenho para a gestão dos complexos. Resultados – O estudo revelou a complexidade e os desafios envolvidos na gestão do Complexo Olímpico de Deodoro e do Parque Olímpico da Barra da Tijuca. Foi verificada a inexistência de uma avaliação de desempenho na gestão do legado olímpico. Foram identificados os principais desafios enfrentados pelos gestores do legado olímpico, assim como as boas práticas já existentes. Além disso, as opiniões e prioridades dos diferentes atores envolvidos variaram, destacando a necessidade de considerar suas perspectivas na avaliação de desempenho. Propostas de indicadores foram apresentadas e o Balanced Scorecard foi considerado uma abordagem adequada para fornecer informações gerenciais abrangentes. Limitações – Uma limitação importante deste estudo foi a obtenção parcial de dados acerca do Parque Olímpico da Barra e do Parque Radical. A dependência das percepções dos atores envolvidos e a dificuldade em obter dados específicos também foram limitações. Contribuições práticas – A contribuição prática deste estudo é propor uma proposta modelo de avaliação de desempenho baseado no Balanced Scorecard (BSC) para a gestão do legado olímpico, que pode auxiliar os gestores públicos na tomada de decisões informadas. Contribuições sociais – O estudo promove a transparência e prestação de contas, fortalecendo a gestão do legado olímpico. Originalidade – A originalidade deste estudo reside na abordagem inovadora da avaliação de desempenho do legado olímpico, aplicando o modelo do Balanced Scorecard (BSC) às instalações esportivas e à gestão pós-olímpica. A análise da gestão, das práticas e das percepções dos atores envolvidos nesse contexto específico permite identificar boas práticas, desafios e oportunidades para aprimorar a gestão do legado olímpico. Além disso, a proposição de indicadores de desempenho específicos para as instalações esportivas contribui para uma avaliação mais precisa e objetiva dos resultados alcançados. Essa abordagem original visa preencher uma lacuna de pesquisa na temática de legado olímpico, uma vez que oferece ferramentas práticas para melhoria da gestão das instalações esportivas.por
dc.description.abstractPurpose - The overall objective of this study is to investigate how the Balanced Scorecard (BSC) can contribute to the performance evaluation of the olympic legacy, aiming to understand and measure the achieved results. Methodology - The methodology of this study involved conducting a case study on the sports complexes in Barra da Tijuca and Deodoro, which were part of the Olympic legacy in Rio de Janeiro. Data was collected through interviews, online questionnaires, and document analysis. This approach allowed for describing the functioning of different management models, identifying performance evaluation practices, evaluating the stakeholders' perception, and proposing performance indicators for the management of the complexes. Findings - The study revealed the complexity and challenges involved in managing the Deodoro Olympic Complex and Barra da Tijuca Olympic Park. It was verified the lack of a performance evaluation in the management of the olympic legacy. The main challenges faced by olympic legacy managers were identified, as well as existing good practices. Furthermore, the views and priorities of the different actors involved varied, highlighting the need to consider their perspectives in performance evaluation. Indicator proposals were presented and the Balanced Scorecard was considered an adequate approach to provide comprehensive management information. Research limitations - An important limitation of this study was the restriction in obtaining data about the Barra Olympic Park. The dependence on stakeholders' perceptions and the difficulty in obtaining specific data were also limitations. Lastly, the study mainly focused on the management of sports facilities, without addressing other aspects of the Olympic legacy. Practical implications - The practical contribution of this study is to provide a performance evaluation model based on the Balanced Scorecard (BSC) for the management of the Olympic legacy, assisting public managers in making informed decisions. Social implications - The study promotes transparency and accountability, strengthening the governance of the Olympic legacy. Originality - The originality of this study lies in the innovative approach to the performance evaluation of the olympic legacy, applying the Balanced Scorecard (BSC) model to sports facilities and post-Olympic management. The analysis of management practices and stakeholders' perceptions in this specific context allows for identifying good practices, challenges, and opportunities to enhance the governance of the olympic legacy. Furthermore, the proposition of specific performance indicators for sports facilities contributes to a more accurate and objective evaluation of the achieved results. This original approach aims to fill a research gap in the field of olympic legacy by offering practical tools for improving sports facility management.por
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/34195
dc.language.isopor
dc.rights.accessRightsopenAccesseng
dc.subjectLegado Olímpicopor
dc.subjectAvaliação de Desempenhopor
dc.subjectBalanced Scorecardpor
dc.subject.bibliodataGovernança públicapor
dc.subject.bibliodataDesempenho - Avaliaçãopor
dc.subject.bibliodataAdministração pública - Rio de Janeiro (Estado)por
dc.subject.bibliodataIndicadorespor
dc.subject.bibliodataOlimpíadaspor
dc.titleAvaliação do desempenho da gestão do legado olímpico: contribuições do Balanced Scorecard (BSC) para o aprimoramento da governança públicapor
dc.typeDissertationeng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Dissertação - Jacques Cramer.versão final.pdf
Tamanho:
18.48 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
PDF
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.6 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: