Fábrica PIPMO: uma discussão sobre política de treinamento de mão-de-obra no período 1963-1982

dc.contributor.advisorCalazans, Maria Julieta Costa
dc.contributor.authorBarradas, Anésia Maria da Silva
dc.contributor.unidadefgvInstitutos::IESAEpor
dc.date.accessioned2011-09-08T19:38:47Z
dc.date.available2011-09-08T19:38:47Z
dc.date.issued1986-10-28
dc.description.abstractLa dissertation se propose a retracer la trajectoire du Programa Intensivo de Preparação de Mão-de-Obra (PIPMO) (Programme Intensif ~e Priparati~n de Main d'oeuvre), son o.rigine, son expansion e ses liaisons avec um instrument de l'~tat dans la conduction du projet de diveloppement. Le but de llitude est rendre compte de la fonction des diveloppements et de l f action effective accompl is par le PIPMO dans le proces histortque dans lequel il est ne et·s1est expendu. Crii en 1963 comme un 'programme de caractere transitoire' que devrait durer 20 mois, il a entami ses activitis en 1964 actuani aupres du sec teu r seconda ire jus·qu'ã 1970, il slest itendu aux secteurs primaires et tertiaires en 1971 et a iti en action jusqu'ã 1982,surtout 4 aupres des projets gouvernamentaux. On a essayi de localiser, en discutani 'travail et vente de 'force de travail', les avantages de l l entrainement et de la déqualification de la classe ouvriere pour l l accumu mulation tapitali~te, et de placer le PIPMO dans les contextes politique et socio-économique dans lesquels il a éti crii et· slest diveloppé, les anticidents qui lui on donni les bases opirationnelles'et institutionnelles. Le PIPMO, sans mantenir des unitis propres et fonctionant par moyen d'accords avec d ' innombrables insti tutions de formation professionnel, est arrivé ã former des milliers d'ouvriers. Dans ce domaine, llitude a eu comme but exposer les principales relations iconomiques, sociales 'et politiques qui ont possibilité le développement d'un programme avec ses caracteristiques spécifiques. En tenant compte de que l'éducation et la forma';' tion professionnel ne son pas de phenomenes isolés des au tres élements du tout social,' on a prétendu devoiler le réel par'moyen de l/examen de la place occupée par lePIPMO dans l'ensemble desprogrammes de formation professionnel du pays, ses fonctions, contradictions et effets, aussi bien que les intérets que le soutiennent et sa relation avec le proces de production.fra
dc.description.abstractDissertação que se propõe recompor a trajetória do Programa Intensivo de Preparação de Mão-de-Obra (PIPMO), sua origem, expansão e suas vinculações como um instrumento do Estado na condução do projeto desenvolvimentista. O objetivo principal do estudo é dar conta da funçao dos desdobramentos e da ação concreta que o PIPMO cumpriu dentro do processo histórico em que surgiu e se desen volveu. Criado em 1963 como um programa de natureza tran sitória que deveria durar 20 meses, iniciou suas atividades em 1964, funcionando junto ao setor secundário até 1970; estendeu-se aos setores primirio e terciirio em 1971 e es teve em ação até 1982, principalmente junto aos projetos governamentais. Procurou-se localizar, pela discussão IItrabalho e venda da força de trabalho', as vantagens do treinamento e da desqualificação da classe trabalhadora para 'a acumul~ ção capitalista, e situar o PIPMO nos contextos polftico e sócio-economico em que foi criado e se desenvolveu, os antecedentes que lhe deram as bases operacionais e cionais. instituSem manter unidades próprias e funcionando atraves de acordos com inúmeras instituições de formação profissional, o PIPMO conseguiu adestrar milhares de trabalha dores. Neste sentido, o estudo objetivou, ainda, evidenciar as principais relações econõmicas, sociais e pol itfcas que possibiIitaram o desenvolvimento de um programa com suas caracteristicas especificas. Considerando que educação e formação profissional naO são fenômenos isolados dos demais elementos do to do social, pretendeu-se desvendar o real por meio do exame do lugar que o PIPMO ocupou no conjunto dos programas de formação profissional do pars; suas funçôes, contradições e efeitos, bem como os interesses que o sustentaram e sua relação com o processo de produção.por
dc.identifier.citationBARRADAS, Anésia Maria da Silva. Fábrica PIPMO: uma discussão sobre política de treinamento de mão-de-obra no período 1963-1982. Dissertação (Mestrado em Educação) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 1986.
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/8590
dc.language.isopor
dc.rightsTodo cuidado foi dispensado para respeitar os direitos autorais deste trabalho. Entretanto, caso esta obra aqui depositada seja protegida por direitos autorais externos a esta instituição, contamos com a compreensão do autor e solicitamos que o mesmo faça contato através do Fale Conosco para que possamos tomar as providências cabíveis.por
dc.subject.areaEducaçãopor
dc.subject.bibliodataPrograma Intensivo de Preperação de Mão-de-Obra (Brasil)por
dc.titleFábrica PIPMO: uma discussão sobre política de treinamento de mão-de-obra no período 1963-1982por
dc.typeDissertationeng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
000049016.pdf
Tamanho:
6.26 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
PDF
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.6 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: