A diversificação de cargas em um terminal de uso privado: estudo de caso de um terminal no Porto de Santos

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2020-02-17
Orientador(res)
Reis, Manoel de Andrade e Silva
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

O governo brasileiro tem criado diversos programas para incentivar investimentos privados em infraestrutura, que possibilitem aumentar a competitividade e a participação dos produtos brasileiros no comércio global. Para atração desses investimentos, é necessário criar um ambiente regulatório, jurídico e econômico seguro e previsível, para que os investidores privados continuem alocando seus recursos no Brasil e aumentando o estoque de capital de infraestrutura disponível. Atualmente, cerca de 66% de toda a carga nos portos brasileiros é movimentada por meio de terminais de uso privado (TUP); nesse cenário, o presente trabalho aplicado traz o estudo de caso de um TUP no Porto de Santos, especializado na movimentação de contêineres, e em seu processo de diversificação de cargas, identificando os fatores que foram levados em consideração no processo de tomada de decisão e implementação dessa diversificação. Para atender a esse objetivo principal e aos demais objetivos deste trabalho aplicado, em uma primeira etapa, foi revisada a literatura existente sobre diversificação de cargas, investimentos em infraestrutura de transportes e sua importância para o comércio exterior. Na sequência, foi realizado um estudo de caso exploratório, por meio de 14 entrevistas semiestruturadas com especialistas de diversos segmentos e com funcionários do terminal envolvidos nesse processo. Entre os principais fatores identificados destacam-se o ambiente regulatório e as condições do mercado de contêineres no Porto de Santos, em função do excesso de capacidade instalada dos terminais, da consequente queda de preços pelo aumento da concorrência, e do fato de o terminal selecionado como objeto deste estudo ser um TUP e ter flexibilidade para atender novas demandas do comércio exterior. Como contribuição prática, este estudo traz uma lista de fatores que outros terminais podem levar em consideração para a tomada de decisões estratégicas relacionadas à diversificação de cargas, e alguns pontos de atenção durante a sua implementação. Ainda que, por ser um estudo de caso único, apresente uma limitação para a aplicação direta em outros terminais, os fatores identificados e os pontos de atenção servem como base para uma análise mais aprofundada sobre o tema e futuros estudos relacionados.


Descrição
Área do Conhecimento