Avaliação da eficiência hospitalar por meio da análise envoltória de dados

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2016-12
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

É constante o interesse em se analisar a eficiência dos hospitais e também dos serviços prestados a partir da utilização de recursos públicos, visto a magnitude dos recursos utilizados, que são geralmente escassos, e a complexidade que envolve a prestação de serviço de assistência à saúde. Nesse sentido, o estudo objetivou avaliar, por meio da Análise Envoltória de Dados (DEA), a eficiência produtiva de hospitais credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS) na região sul do Brasil. A partir de uma pesquisa documental, descritiva, retrospectiva e com abordagem quantitativa. Foi analisada uma amostra de 139 hospitais localizados em municípios com mais de 100 mil habitantes dos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Com intuito de garantir melhores comparativos dos resultados, aplicou-se a técnica de clusters para agrupar os municípios semelhantes quanto aos seus inputs. Os resultados demonstraram que dentre os hospitais analisados, nos três clusters, o score máximo de eficiência foi atingido por 34% dos hospitais catarinenses, 49% dos hospitais paranaenses e 35% dos hospitais riograndenses. Também se pode inferir que 41% dos hospitais analisados são eficientes e utilizaram de forma eficiente os recursos físicos e pessoais disponíveis ao atendimento da população através do SUS. Por não se identificar discrepância significativa, quanto aos scores de eficiência nos hospitais ineficientes, constatou-se que estes estão, na sua maioria, próximos da fronteira de eficiência.


Descrição
Área do Conhecimento