Mecanismos que cooperam para baixa representatividade de pretos(as) e pardos(as) em funções de alta liderança

Data
2022-07-14
Orientador(res)
Fontoura, Yuna Souza dos Reis da
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo: Verificar quais mecanismos ainda persistem e restringem a caminhada de profissionais pretos e pardos às posições de alta liderança. Metodologia: A pesquisa é qualitativa, valendo-se da análise das falas dos(as) Conselheiros(as) pretos(as) ou pardos(as) identificados em Conselhos de Administração de grandes companhias nacionais. Resultados: Identificaram-se mecanismos ainda presentes e que culminam com a baixa representatividade de pretos e pardos em funções de alta liderança, contribuindo para análise e debate do tema uma vez que a forma como tais mecanismos atuam foi exposta e analisada.. Limitações: A pesquisa foi conduzida, tomando-se por base as dez maiores companhias nacionais em 2020 e o conteúdo produzido pela única profissional preta a ocupar um assento no Conselho de Administração de uma dessas companhias. Esta pesquisa não abordou os critérios e políticas levados em conta por acionista para seleção de Conselheiros(as).Foram considerados postos de alta liderança apenas as atuações como Conselheiros(as) de Administração. O material analisado está limitado às informações públicas divulgadas pelas companhias e pela Conselheira objeto da pesquisa. Contribuições práticas: Enumerar alguns dos perversos mecanismos ainda existentes, que são verdadeiros obstáculos à igualdade racial contribuindo para a baixa representatividade de profissionais pretos e pardos em cargos de alta liderança. Contribuições sociais: A promoção do debate sobre diversidade, racismo e liderança contribui para a viabilização de políticas públicas, privadas e revisão de comportamento fundamentais para a sociedade e para a promoção da igualdade social. Originalidade: Poucos são os estudos que abordam a baixa representatividade de pretos e pardos em posição de alta liderança no ambiente de negócios no país. Este estudo é original por identificar e analisar os mecanismos existentes que ainda hoje resultam na baixa representatividade de pretos(as) e pardos(as) em posições de destaque na administração de negócios.


Descrição