Cadeia produtiva do gesso: avanços e desafios rumo à promoção do trabalho decente: análise situacional

Resumo

Para a elaboração do Plano de Desenvolvimento Local (PDL) Gesso 2030, o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, desenvolveram este diagnóstico robusto sobre o processo produtivo do gesso, as diferentes relações de trabalho envolvidas e sobre o contexto socioeconômico local na região do Polo Gesseiro do Araripe, localizado no estado de Pernambuco. O gesso produzido no Polo do Araripe é responsável por cerca de 90% da produção nacional. O diagnóstico partiu de estudo preliminar elaborado pela OIT e pelo MPT sobre desafios e avanços em relação à promoção do trabalho decente na região e combinou levantamento e análise de dados secundários quantitativos e qualitativos, entrevistas semiestruturadas e workshops com diferentes atores locais (representantes da sociedade civil, trabalhadores, empresas e Administração Pública). O PDL foi produzido no âmbito do Projeto "Promoção e Implementação dos Princípios e Direitos Fundamentais do Trabalho no Brasil", conduzido pela Organização Internacional do Trabalho em parceria com o Ministério Público do Trabalho.


Descrição
Área do Conhecimento