Os desafios da gestão de riscos no exercício do controle sanitário da infraestrutura aeroportuária

Data
2020-10-02
Orientador(res)
Fajardo, Bernardo de Abreu Guelber
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo - Este estudo pretende identificar em que medida o sistema Risk Manager, principal instrumento de gestão de riscos utilizado no controle sanitário da infraestrutura de aeroportos brasileiros, contribui com o processo de gestão dos riscos sanitários. Metodologia – O estudo compreendeu o levantamento bibliográfico de dados acerca da implementação e uso do Sistema de Gestão de Riscos – Risk Manager e a realização de entrevistas com servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária envolvidos na gestão de riscos sanitários em aeroportos. Resultados – Foi demonstrado que o sistema tem sido subtilizado em virtude da ausência de atualização, de funcionalidades específicas e de capacitação dos usuários. Limitações – O estudo limitou-se a avaliar a contribuição do sistema para a gestão de riscos sanitários em aeroportos. Pesquisas futuras podem avaliar essa contribuição em portos, postos de fronteiras e recintos alfandegados. Contribuições práticas – A partir desses resultados, a instituição pode investir na minimização das dificuldades apontadas. Contribuições sociais – Ao identificar focos de intervenção, a instituição pode aumentar a eficiência da gestão de riscos sanitários nos aeroportos. Originalidade – Pelo nosso conhecimento, este é o primeiro estudo sobre a utilização do sistema de gestão de riscos sanitários em aeroportos.


Descrição
Área do Conhecimento