Reinventing a business model: how contract breweries became a permanent form of organizing

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2016-10-31
Orientador(res)
Rego, Marcos Lopez
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Os impactos da chamada revolução da cerveja artesanal chegaram à indústria de cerveja brasileira nos primeiros anos deste século. Por conseguinte, um grupo de novos empreendedores surgiu no país, segundo os quais eles estariam retornando a cerveja a seu devido lugar, não apenas como um negócio local, mas também como um produto que pode conferir uma personalidade regional específica. A recente evolução do segmento de cerveja artesanal está abrindo caminho para o desenvolvimento de diferentes formas de se organizar, tais como produção por contrato, modelo desenhado para empresas que não dispõem de instalações fabris próprias. Embora a maior parte das empresas ainda perceba produção por contrato como um modelo de negócio de transição, este modelo evoluiu até tornar-se uma forma permanente de organização. Limitada a cervejarias por contrato da região metropolitana do Rio de Janeiro, esta pesquisa busca analisar como as cervejarias por contrato evoluíram de um modelo de negócio temporário e de transição para uma forma permanente de organização. Ademais, haja vista algumas características específicas observadas nos modelos de negócio adotados pelas cervejarias por contrato, que podem diferir consideravelmente uma das outras no que concerne a sua temporariedade e capacidade de sobreviver a longo prazo, uma tipologia de cervejarias por contrato é proposta.


Descrição
Área do Conhecimento