Sim, o Banco Central do Brasil errou, e muito, na condução política monetária durante a crise financeira mundial