Traição ou tradição?: Trump, populismo e a Ordem Internacional em xeque

Data
2019-10-30
Orientador(res)
Stuenkel, Oliver
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Criado no pós-Segunda Guerra Mundial, o sistema internacional contemporâneo está assentado no compartilhamento de valores, práticas e normas entre seus membros, formando a assim denominada ordem internacional liberal, liderada pelos Estados Unidos, que atuam há mais de setenta anos comprometidos com o multilateralismo, de modo a evitar novas guerras e perpetuar o seu poder no tempo. Contudo, é a contestação desse sistema por seu próprio administrador que motiva o desenvolvimento deste trabalho. A década de 2010 testemunhou a emergência de movimentos e líderes autoritários, antielitistas e antipluralistas em diferentes regiões do globo, inclusive nos Estados Unidos, provocando problemas no que tange à administração da ordem global. O presente estudo investiga o fenômeno do populismo e sua ascensão nesse país, o que teria culminado com a chegada de Donald Trump ao poder. Com base nisso, também buscamos compreender essa manifestação nas relações internacionais, assim como a influência do populismo trumpista sobre a política externa e a política comercial dos Estados Unidos. Questionamos, assim, o que as ações empreendidas pelo novo governo republicano podem significar para a posição que seu país ocupa no mundo.


Descrição
Área do Conhecimento