O impacto da inovação sobre o comportamento dos investidores

Data
2022-11-24
Orientador(res)
Fontes Filho, Joaquim Rubens
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Esta pesquisa buscou verificar se o anúncio de informações relacionadas ao esforço inovador das empresas gera impacto no comportamento dos investidores, refletido nas variações dos preços no mercado acionário. METODOLOGIA: O método de pesquisa utilizado foi o de estudo de eventos, que se baseia na observação dos preços das ações durante um período denominado “janela de evento”, em comparação com o comportamento esperado destas ações, caso os eventos não tivessem ocorrido. RESULTADOS: Como achados, verificou-se que o mercado não age de forma totalmente eficiente aos anúncios relacionados à inovação, tendo sido observados retornos anormais somente em alguns dias em torno dos dias dos eventos. Mais que isso, a eficiência do mercado varia de acordo com o tipo de anúncio, sendo que os esforços mais iniciais do processo inovador (etapa de exploração), tendem a gerar mais impacto do que os anúncios relacionados à fase final do processo (etapa de explotação). De forma inesperada, observou-se que os anúncios relacionados à etapa de exploração apresentaram variações negativas antes do evento, positivas imediatamente após o evento e depois novamente negativas. Também de forma inesperada, observou-se que os investidores tendem a se manter neutros em relação aos anúncios da etapa de explotação. LIMITAÇÕES: O estudo foi realizado com a observação de 93 eventos, de 50 empresas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3). Além da separação entre os grupos de exploração e explotação, não foram utilizadas outras variáveis de controle, como setores da economia ou tipo de inovação. APLICABILIDADE DO TRABALHO: Esta pesquisa contribui para os temas relacionados aos impactos de inovações sobre os mercados e a sociedade, bem como para os estudos relacionados ao processo inovador. Também é relevante a sua contribuição no campo das finanças e comportamento dos investidores, por testar a eficiência do mercado acionário brasileiro perante um tipo específico de evento.


Descrição