Epistemologia da ignorância nas práticas da diversidade sob a perspectiva de pretos em contextos organizacionais

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2022-11-28
Orientador(res)
Faria, Alexandre de A.
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo: O objetivo desta dissertação é investigar as práticas de diversidade em organizações do Brasil sob a perspectiva da ignorância branca contra pretos, estruturalmente excluídos ou subalternizados pelo aparato teórico e suas instituições. Metodologia: A pesquisa utilizou um procedimento metodológico qualitativo, com abordagem reflexiva, com método de coleta de dados por meio de entrevistas semiestruturadas e de interpretação baseada na experiência maturada ao longo da investigação, para cocriação dos resultados. Resultados: O estudo mostrou uma escassez de diversidade de sujeitos pretos nas organizações pesquisadas e constatou que o efeito da ignorância branca foi o de influenciar o percurso profissional dos sujeitos pretos desde o início da carreira. A investigação mostrou que a influência da ignorância branca não se limita à questão de carreira, pois evidenciou que tais sujeitos podem chegar a ser inferiorizados, humilhados e desumanizados. Limitações: A pesquisa abordou um tema abrangente, testado em duas organizações diferentes, podendo dessa forma aumentar os vieses devido às diferentes experiências e características dos sujeitos entrevistados. Estudos futuros terão o potencial de validar os achados, expandindo a validade da pesquisa por meio de sua aplicação em outras organizações, ou até mesmo realizando um estudo longitudinal para monitorar o papel da ignorância branca ao longo do tempo. Aplicabilidade do trabalho: Espera-se que o trabalho possa servir de “gatilho” para promover a discussão dentro dos ambientes pesquisados e ir além, divulgando o tema e conscientizando as pessoas sobre a importância de sua difusão. Contribuições para a sociedade: Influenciar a mudança de comportamentos para que a ignorância branca possa reduzir sua influência na academia e na indústria farmacêutica. Originalidade: Esta investigação, conforme se pesquisou na literatura, foi a primeira a abordar o papel da ignorância branca aplicada à academia e às empresas farmacêuticas.


Descrição