An analysis of the effect of the 1976 financial crisis on the development of North Sea oil policy in the United Kingdom

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2019-01-25
Orientador(res)
Ferman, Bruno
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Abordagens tradicionais ao estudo de crises financeiras tipicamente envolvem uma elucidação da causalidade. Enquanto isso, este projeto procura adotar uma abordagem original ao analisar como as circunstâncias de uma crise relativamente pequena, a saber, no Reino Unido em 1976, podem ter efeitos de longo prazo em uma economia ao provocar mudanças na trajetória da formação de políticas. Dada a importância do desenvolvimento do petróleo do Mar do Norte para a percepção internacional contemporânea da capacidade da Grã-Bretanha de cumprir com as futuras obrigações do balanço de pagamentos, este projeto se concentra nas decisões políticas relativas a este domínio. Através de uma extensão da abordagem narrativa freqüentemente adotada no estudo de crises financeiras, este projeto considera que a crise de 1976 teve implicações significativas para o desenvolvimento do petróleo do Mar do Norte em dois aspectos. Isso minou a influência prática da recém-formada companhia nacional de petróleo (BNOC), tornando-a uma embarcação com direitos políticos que dificilmente seria capaz de realizar. Além disso, estabeleceu um precedente em termos de considerar a venda de ativos públicos como 'despesa negativa' em oposição a receita quando concordou com a venda de £ 500 milhões em ações da British Petroleum (BP) em negociações com o Fundo Monetário Internacional. (FMI) para reduzir o requisito de financiamento do setor público (PSBR). No entanto, este projeto conclui que foi uma divisão política dentro e entre as partes, que tanto estimulou a crise como resultou em decisões de política abaixo do ideal em relação ao petróleo do Mar do Norte.


Descrição
Área do Conhecimento