Os efeitos da expansão da lavoura de soja no Centro Oeste brasileiro entre 2000 e 2010

dc.contributor.advisorNakaguma, Marcos Yamada
dc.contributor.authorMano Filho, Ben-Hur Carvalho Cabrera
dc.contributor.memberBranco, Danyelle Karine Santos
dc.contributor.memberSerigatti, Felippe Cauê
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EESPpor
dc.date.accessioned2023-09-04T17:28:13Z
dc.date.available2023-09-04T17:28:13Z
dc.date.issued2023
dc.description.abstractEste paper tem por objetivo estimar os efeitos da expansão das lavouras de soja no Centro Oeste brasileiro, composto pelos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, no período entre 2000 e 2010. Em busca de tal objetivo, coletamos dados de fontes públicas no Brasil e utilizamos um modelo de first difference para obter estimadores de tais efeitos em relação a diversas variáveis dependentes, que vão desde aspectos econômicos até ambientais. A análise leva em consideração os dados no nível dos Municípios. Nossos achados revelam que a expansão da sojicultura durante a primeira década do século no Centro Oeste brasileiro teve efeitos significativos em termos de renda, produto interno bruto, desenvolvimento social, mercado de trabalho, desenvolvimento agropecuário e desflorestamento. Entre nossos principais resultados, reportamos que as lavouras de soja estão associadas ao aumento da renda do extrato mais desfavorecido da sociedade e, portanto, em melhora dos índices que mensuram a desigualdade. Também reportamos que o desenvolvimento de tal cultura teria atraído considerável aumento populacional, todavia seguido de relativa piora da taxa de mortalidade infantil, que teria progredido em menor ritmo em tais regiões. Quanto ao mercado de trabalho, obtivemos significância estatística na formalização dos trabalhadores, que seria positivamente impactada pela expansão da soja, o que reportamos frente à proporção de trabalhadores com registro em Carteira de Trabalho. Em termos de impactos agropecuários, reportamos que a expansão da soja está fortemente associada à expansão das lavouras de milho e redução das áreas de pastagens. Também reportamos que as áreas dedicadas à lavoura de feijão seriam impactadas positivamente, ao passo em as áreas dedicadas à rizicultura seriam reduzidas. Em termos de impactos ambientais, reportamos que a expansão da soja no Centro Oeste no período considerado estaria associada ao desflorestamento. Entretanto, uma vez efetuado o breakdown entre os biomas relevantes (Cerrado e Amazônia), reportamos que não há singnificância estatística entre a expansão da soja e o desmatamento na Amazônia, enquanto tal significância permanece em relação ao bioma Cerrado.por
dc.description.abstractThis paper aims to assess the effects of the expansion of soybeans crops in the Brazilian Center West region, comprising the states of Mato Grosso, Mato Grosso do Sul and Goiás, within the period between 2000 and 2010. In order to achieve said goal, we collect data from public sources in Brazil and use a first difference model to obtain the estimates of said effects in relation to dependent variables ranging from economic to environmental matters. The analysis takes in consideration the municipality level. Our findings reveal that the expansion of soybeans during the first decade of the century in Center West Brazil had significant effects in terms of income, gross domestic product, social development, agricultural development, labour organization and deforestation. Among our main findings, we report that the soybeans are associated to the growth of income to the poorest and therefore to an improvement in terms of equality. We also find that agricultural development has attracted a considerable growth of population, followed however by a relative worsening of child mortality rates, which has progressed less in said regions. Regarding to labor organization, we report that the expansion of soybeans is associated and statistically significative towards the formalization of labor, which we report in connection with the rate of employees duly registered as per Brazilian rules (Carteira de Trabalho or CTPS) In terms of agricultural impact, we find that soybeans are strongly associated to the expansion of corn crops and reduction of pasturelands. We also find that the beans (feijão) crops are positively impacted, whilst rice crops are reduced. In terms of environmental impact, we find that the expansion of soybeans in the Brazilian Center West is associated with deforestation. However, once we breakdown data by the relevant biomes (Cerrado and Amazon), we find that there is no statistical significance between the expansion of soybeans and deforestation of the Amazon, whilst said significance remains for the Cerrado.eng
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/34179
dc.language.isopor
dc.rights.accessRightsopenAccesseng
dc.subjectSoybeaneng
dc.subjectAgricultureeng
dc.subjectDevelopmenteng
dc.subjectBrazileng
dc.subjectDeforestationeng
dc.subjectSojapor
dc.subjectAgriculturapor
dc.subjectDesenvolvimentopor
dc.subjectBrasilpor
dc.subjectDesmatamentopor
dc.subject.areaEconomiapor
dc.subject.bibliodataSoja - Cultivo - Brasil, Centro-Oestepor
dc.subject.bibliodataAgricultura - Brasilpor
dc.subject.bibliodataDesmatamentopor
dc.subject.bibliodataDesenvolvimento socialpor
dc.subject.bibliodataDesenvolvimento econômicopor
dc.titleOs efeitos da expansão da lavoura de soja no Centro Oeste brasileiro entre 2000 e 2010por
dc.typeDissertationeng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Ben Hur Cabrera Filho - Soja - final 09.2023.pdf
Tamanho:
1.09 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
PDF
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.6 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: